WWF Mozambique - “Hora do Planeta” completa dez anos e chama atenção para o uso sustentável de água, florestas e energia

“Hora do Planeta” completa dez anos e chama atenção para o uso sustentável de água, florestas e energia



Posted on 23 March 2017  | 
Hora do Planeta
© WWF MozambiqueEnlarge
A Hora do Planeta, um movimento ambiental global promovido pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF), com objetivo de sensibilizar a humanidade sobre o impacto das mudanças climáticas, apelando também ao uso sustentável dos recursos naturais, celebra 10 anos da sua existência.
 
A primeira edição do Hora do Planeta teve lugar em Março de 2007 na capital australiana, Sidney. Desde essa altura, o movimento não parou de crescer. O que começou como um evento isolado, tornou-se uma acção global, envolvendo mais de um bilião de pessoas em mais de 7 mil cidades de 172 países.
 
O evento é marcado pelo tradicional acto de apagar as luzes por uma hora, como um gesto simbólico e de reflexão sobre as questões climáticas enfrentadas em cada local ou país.
 
Alguns dos mais conhecidos monumentos mundiais, como as pirâmides do Egipto, a Torre Eiffel em Paris, a Acrópole de Atenas e até mesmo a cidade de Las Vegas (EUA) já ficaram no escuro durante sessenta minutos.
 
Este ano, em Moçambique, o evento terá lugar na Avenida 10 de Novembro, na Cidade de Maputo, das 20h30 às 21h30 é celebrado sob o lema “Água, Florestas e Energia”.
 
Em parceria com o Ministério da Terra, Ambiente e Desenvolvimento Rural (MITADER), o WWF, escritório de Moçambique, pretende sensibilizar a todos os cidadãos sobre a importância da preservação dos recursos naturais e mostrar a ligação existente entre as mudanças climáticas, a água, as florestas e a energia.
 
Sobre o tema, a Directora Nacional do WWF Moçambique disse: “A água é um recurso natural essencial à vida. Embora renovável, a sua distribuição no mundo é bastante desigual, sendo em muitas regiões insuficiente face às necessidades locais. Do volume total de água no mundo, menos de 0.01% corresponde a água doce utilizável à superfície, acumulada em rios e lagos. Moçambique vem experimentando problemas sérios relacionados à gestão de água, com uma tendência paradoxal caracterizada por cheias nas regiões centro e norte e seca severa no sul”.
 
Aliado a isso, está a deflorestação, que também é apontada como um factor fundamental para a ocorrência, de forma cíclica, de inundações e secas. A deflorestação proporciona menor infiltração de água no solo, o que por sua vez, resulta no menor abastecimento do lençol freático, o que acarreta outro tipo de problemas.
 
“A disponibilidade de água é também determinante para a geração de energia. O WWF tem estado a advogar a substituição progressiva de energias fósseis por energias renováveis, esperando uma redução de até 80% até 2050. Igualmente, a organização é pela promoção de eficiência energética e poupança de energia”, considera a Directora.
 
A Hora do Planeta é um evento aberto a todas as pessoas. Aliás, também serve para unir indivíduos em torno de uma única causa - a solidariedade – em que os participantes, representantes de governos, das organizações da sociedade civil, empresas públicas e privadas, comunicação social, jovens e adultos, entre outros, demonstram a sua preocupação com as mudanças climáticas, trocam informações sobre a causa e tomam uma posição sobre esta luta.
 
Sem prejuízo de questões ligadas à segurança, o WWF estimula que cada pessoa, na sua casa, empresas ou organizações realizem o seu próprio evento, apagando as luzes ou então usando iluminação mínima.
 
Vários parceiros do sector privado juntar-se-ão ao evento e farão presença na Avenida 10 de Novembro em Maputo. Empresas e instituições como a Electricidade de Moçambique (EDM), Cervejas de Moçambique (CDM); Águas da Namaacha, Standard Bank, BCI, instituições hoteleiras como Radisson, Avenida, Polana; restaurantes como Zambi, Water Front, entre outros, irão celebrar a “Hora do Planeta”.

Sobre o WWF

O WWF é uma das maiores e mais respeitadas organizações independentes de conservação do mundo, com mais de 5 milhões de apoiantes e uma rede global activa em mais de 100 países. A missão do WWF é de parar a degradação do ambiente natural da Terra e construir um futuro no qual os seres humanos vivam em harmonia com a natureza, conservando a diversidade biológica do mundo, assegurando que o uso de recursos naturais renováveis seja sustentável e promovendo a redução da poluição e consumo.
 
 
Consulte www.wwf.org.mz para as últimas notícias e recursos de média.
____________________
 
 
Para mais informações:
Arão Valoi – Oficial de Comunicação do WWF
avaloi@wwf.org.mz
Cell: +258 82 33 27557 ou +258840166142
Hora do Planeta
© WWF Mozambique Enlarge

Comments

blog comments powered by Disqus