WWF Mozambique - Programa Florestal

Programa Florestal

©: WWF

Actualmente o programa de florestas está a apoiar o desenho e implementação de planos de maneio de várias áreas de conservação do país, assim como inúmeras iniciativas com vista a conservação, uso e gestão sustentável dos recursos florestais, em todo o país. Igualmente, o WWF apoia o estabelecimento e capacitação de organizações comunitárias de base em todo o país para tirarem benefícios da sua participação no maneio sustentável de recursos naturais.

PLANTAÇÕES FLORESTAIS COM ESPÉCIES EXÓTICAS

Ao longo dos anos, o WWF tem vindo apoiar o Governo na identificação de áreas que pelas suas características ecológicas não devem ser alocadas para o estabelecimento de plantações florestais, na província da Zambézia. Como o Governo está interessado na continuação desta iniciativa, nesta componente pretende-se alcançar as seguintes metas, até 2010:

  1. Mapear as áreas que não devem ser alocadas para as plantações florestais, em pelo menos duas províncias com alto potencial para o estabelecimento de plantações florestais com espécies de rápido crescimento;

  2. Advocar pelo desenho e implementação de mecanismos para a concessão de plantações florestais em Moçambique.

HABITATS ESPECIAIS TAIS COMO MANGAIS

Nesta componente, actualmente está em curso o desenho do código de conduta para a gestão de mangais. Este trabalho está sendo realizado numa colaboração entre o WWF MCO e Universidade de Arhus, da Dinamarca. Aqui, pretende-se alcançar as seguintes metas, até 2010:

  1. Zonear e promover boas práticas de maneio de mangais em áreas chaves para a protecção e utilização de mangais;

  2. Desenvolver uma proposta para declaração de áreas protegidas para mangais e implementação de planos de monitoramento.

GESTÃO COMUNITÁRIA

Nesta componente pretende-se alcançar as seguintes metas, até 2010:

  1. Pelo menos 2 comunidades sendo donas duma concessões florestais;

  2. Pelo menos 2 comunidades sendo donas de coutadas de caça e/ou santuários de fauna e;

  3. Estabelecer e capacitar fóruns provinciais e estratégicos para a discussão de assuntos prementes na áreas de florestas.

GESTÃO SUSTENTÁVEL DE RECURSOS FLORESTAIS

O programa apoiou a promoção de FSC, identificação de Florestas de Alto Valor de Biodiversidade (HCVF) e estabelecimento de grupos de produtores.
Nesta componente, financiado pela DFID, iniciou uma nova iniciativa: China – África. Foram identificados compradores chineses de madeira que segue os padrões de desenvolvimentos sustentáveis.
Em total 14 concessionários de Cabo Delgado, 25 de Manica, como também do governo e dos ONG’s, foram treinados e debateram os mecanismos e procedimentos operacionais para a implementação de plano de maneio para incluir HCVF, e num workshop sobre FSC.

DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL DE BIO-COMBUSTIVEIS

O apoio importante para esta componente iniciou em Janeiro 2009. Foi o objectivo deste fundos de 12 meses o estabelecimento dum fórum ou plataforma de sociedade civil e uma posição da sociedade civil para advocacia dos direitos das comunidades. O programa apoiou o desenvolvimento duma estratégia nacional de bio-combustiveis. Uma proposta para 3 anos de apoio foi desenvolvido e submetido ao WWF Sueca. Esta proposta teve sucesso e iniciou em Março 2010.

MANEIO COMUNITÁRIO DE RECURSOS NATURAIS

O programa contínuo com o apoio ao Fórum nacional de MCRN e desenvolvimento da estratégia nacional de MCRN.