Comunicado Hora do Planeta 2019 | WWF Mozambique

Comunicado Hora do Planeta 2019

Posted on
30 March 2019



Hora do Planeta marcada pela “sombra” do desastre do Ciclone IDAI


Celebrada desde 2011 em Moçambique, a Hora do Planeta é um movimento ambiental global promovido pelo Fundo Mundial para a Natureza (WWF) e tem como objetivo sensibilizar as pessoas sobre o impacto das mudanças climáticas, apelando também ao uso sustentável dos recursos naturais.

Infelizmente, no passado dia 15/03 o ciclone IDAI fustigou as províncias de Sofala, Manica e Zambézia, na zona Centro de Moçambique, afectando milhares de pessoas nas três paisagens, com maior incidência para Sofala, razão pela qual o WWF Moçambique opta por juntar-se aos esforços levados a cabo para a minimização dos danos humanos e materiais causados pelo IDAI desde que o evento teve lugar.

Apesar do infortúnio, actividades de carácter educativo têm lugar com escolas parceiras para a sensibilização da camada juvenil sobre os efeitos da actividade humana nos recursos naturais, em específico nos recursos marinhos.

O movimento da Hora do Planeta tem como objectivo atrair singulares, sector privado e Governo e Sociedade Civil para fazerem parate do debate com vista a identificar soluções para um futuro saudável e sustentável – um planeta – para todos. Nas últmias décadas a Hora do Planeta tem influenciado milhões de pessoas a participarem e coolaborarem com iniciativas
climáticas e ambientais inovadoras, na criação de políticas climáticas realísticas, bem como na
implementação de campanhas de sensibilização sobre educação ambiental.

Eis alguns dos marcos que o movimento e as actividades do WWF Moçambique influenciaram:
  • Participação na concepção para aprovação e implementação do Decreto que institui a proibição total da exportação de madeira em touros;
  • Participação na concepção do Decreto que proíbe o corte de Pterocarpus tinturius (Ncula) que esteve sob pressão dos operadores ilegais nos últimos 3 anos;
  • Contribuição no desenvolvimento de um Guia de Referência Rápida sobre Crimes de Vida Selvagem e aprovado e adoptado pelo Governo e sendo implementado em todo o país pelos promotores, guardas-florestais e policiais de investigação;
  • Setenta e três procuradores formados sobre a lei de conservação e procedimentos de crimes contra a fauna bravia, incluindo investigação e processo com base no Guia de
  • Referência Rápida produzida pela Procuradoria Geral com apoio do UNODC, USAID e WWF;
  • Comunidades capacidades para exigir os seus direitos de acesso e uso de recursos naturais por meio de engajamento de mídia (programas de rádio) e diálogo com actores do sector privado que lhes nega acesso e uso de recursos hídricos em Tete;
  • Papel na aprovação da Política e Estratégica do Mar pelo Conselho de Ministros para promover a redução da pesca ilegal;
  • O encerramento temporário da captura de polvos no PNQ promoveu cerca de 450 participantes e capturas de cerca de 4,3 toneladas e 1,5 toneladas de polvo e peixe respectivamente, no primeiro dia de reabertura. Aproximadamente 100% de aumento na captura em áreas específicas, cobrindo 1628 hectares em torno de 5 ilhas;
  • A China e Moçambique assinaram um acordo para combater conjuntamente o comércio ilegal de madeira e o manejo florestal insustentável. O WWF encarregou-se de fazer parte do secretariado do Acordo para assegurar a sua implementação.

Hora do Planeta 2019 – Pelos Oceanos, Florestas e Pessoas


Este ano a Hora do Planeta será consuzida sob o lema: Pelos Oceanos, Florestas e Pessoas,
procurando trazer à cosnciência a ligação intrísica existente entre os seres humanos e a
Natureza, afinal Natureza é Vida.

Não teremos um evento como nos anos passados, mas levaremos a cabo actividades de
Educação Ambiental, sob o lema deste ano, materializadas em jogos tradicionais, desporto e
dança tradicional.

Trabalhamos com parceiros acadêmicos com o intuito de abranger um número considerável de
jovens em processo de formação. Escolas do sector público e privado estão identificadas para
a implementação das actividades acima referidas.

Em conexão a situação vivida em Moçambique, o WWF Moçambique está a angariar e recolher
utensílios, roupas e produtos não pericíveis para, pouco a pouco, minimizar o sofrimento que a
população da zona centro sofreu.

De acordo com um estudo recente do WWF nos 10 paises mais ricos em biodiversidade,
apenas 40% das pessoas associam os benefícios da Natureza com as suas necessidades,
como comida, água e ar puro. No sentido de construir uma compreensão sobre os valores da
biodiversidade e da Natureza, debates sobre as mudanças climáticas, saúde dos oceanos e
negócios sustentáveis, para a Hora do Planeta, o WWF em parceria com Convenção das
Nações Unidas para a Biodivesridade criaram o connect2earth.org. esta é uma nova plataforma
aberta para partilha de ideias and ferramentas enaltecendo a atitude para mudança.
 

Comments

blog comments powered by Disqus